O Festival

Nos dias mais longos e nas noites mais curtas de 2013, do Solstício de Verão, as encostas sul da Serra da Gardunha recebem um festival que redescobre as tradições, artes e saberes consolidados, ao longo do tempo, pelas relações do Homem com a Natureza.

Como nos antigos festivais associados aos ciclos naturais e agrícolas, o Solstício - Festival da Natureza quer marcar um renovado início, o ponto de partida, a mudança e a transição. Viveres e sentires da humanização da Gardunha ritmados pelos cultos lunares e solares, dos ciclos naturais, nas lidas agrícolas e nas manifestações vividas de sol a sol. Uma evocação ao Sol como círculo natural de vida, de marcação do tempo, de fonte de energia.

O Solstício - Festival da Natureza é um apelo à descoberta da face solar da Gardunha - encosta virada a sul e ao sol. O evento é, também, um convite à descoberta das geografias de transição orográfica, natural e cultural entre o interior norte e sul de Portugal. Territórios que fundem e unem identidades: montanha e planície, rural e urbano, tradicional e contemporâneo, local e global.

Candidata-te, juntando-te a esta iniciativa.

Mais informação Brevemente Dísponível